LIVERPOOL

área  :  290.00 m²  |  ano  :  2014  |  Pina  :  Recife


A atmosfera dos pubs tradicionais britânicos encontra a vibração da Inglaterra atual na arquitetura para o Liverpool  —  um bar e lounge antenado e alternativo.

O espaço  —  com capacidade para 320 pessoas   —  alia madeira, tijolos aparentes, grafitagens e metais em uma tradução arrojada, jovem e underground da cena noturna inglesa. A ideia é a de um local para bar e balada, com palco para shows e cabine para DJ.

A casa apresenta pé-direito alto, de cinco metros de altura, piso com aparência de madeira e ambientação nas cores cinza, preto e dourado, compondo uma atmosfera urbana e sofisticada. O bar, posicionado ao centro do espaço, domina as atenções  —  o letreiro iluminado com aspecto retrô contracena com chapas de ACM dourado e granito preto.

Na parade oposta, o impactante sofá em capitonê, com quinze metros de comprimento, faz uma releitura arrojada e irreverente do clássico Chesterfield inglês. As cortinas em veludo preto aquecem o ambiente, além de auxiliar na acústica da casa. Ao fundo, a logomarca ganha destaque sobre a parede em tijolos aparentes. O artista plástico Thiago Verde, da Paraíba, assina as grafitagens na área da bilheteria.

+ saiba mais

A gastronomia é britânica, com direito a alternativas tradicionais, como as consagradas fish ‘n’ chips. A carta de cervejas artesanais é extensa, abrigando rótulos como a inglesa Young’s e a belga Vedett. A carta de drinks, além dos clássicos  —  como Cosmopolitan, Sex On The Beach e Mojito  —,  traz coquetéis exclusivos, assinados pelo barman José Rocha e que fazem referência à cidade de Liverpool, aos Beatles e aos times de futebol da cidade.

Pin It on Pinterest

Share This