CASA COR

área  :  45.00 m²  |  ano  :  2016  |  Recife


A casa que abriga a 19° edição da CASA COR em Pernambuco é colonial, histórica e linda.

Após nove anos de ausência e pela primeira vez como Santos & Santos Arquitetura, a proposta é a de unir a beleza clássica do casarão com a nossa forma de morar.

A área  —  de 46.00 m²  —  é aquela que uma vez abrigou a sala de convivência da família. A ela acrescentamos novos materiais, elementos arquitetônicos, móveis, obras de arte e peças decorativas que não fazem qualquer concessão: são sempre as coisas que nos fazem sorrir, que nos agradam. Essa é a nossa sala de convivência: a Sala de Zezinho e Turíbio.

+ saiba mais

zezinho-turibio-santos-arquitetura-mostras-casa-cor-2016-abertura-03A base é preservada e restaurada  —  do piso em ladrilhos hidráulicos aos painéis em madeira nas paredes, das grades e esquadrias ao trabalho em concreto no teto. Assim, da arquitetura original nada foi removido.

A renovação e limpeza dos ladrilhos é obra do Spa do Piso, uma empresa que oferece as mais modernas tecnologias e atende a uma vasta gama de clientes  —  de serviços residenciais a comerciais, como em escolas, faculdades, ginásios, supermercados, empresas e indústrias.

As paredes em boiserie são uma das características da arquitetura original em nossa sala na CASA COR 2016. A técnica do boiserie consiste em emoldurar as paredes através de painéis de madeira em relevo, e é um revestimento francês típico dos séculos XVII e XVIII.

Após décadas e várias demãos de verniz, a madeira em nosso ambiente estava bastante escura, e a percepção do relevo, prejudicada. Para a mostra, foi realizada uma minuciosa restauração dos painéis, que ganharam de volta a cor original da madeira, além de ficarem mais leves e atuais.

A atmosfera arrojada e marcante ganha força nas paredes e no teto espelhados, que ampliam o espaço e o deixam mais leve e atual. Os espelhos são da Vivix, que apresenta na CASA COR a sua linha Spelia. A Vivix é uma das mais modernas fábricas de vidros planos do mundo, e a única do setor no país com capital 100% nacional. Localizada no município pernambucano de Goiana, a empresa produz vidros planos incolores, coloridos, laminados e espelhos, tendo como principais clientes as indústrias da construção civil e moveleira.

O sofá Voluta, da Italica Casa, é uma das estrelas na ambientação. A peça ganha tecido Samambaia, parte da coleção Acqua da Entreposto. A marca é representada no Recife pela Bianco Home, referência no setor de cama, mesa e banho. Comandada por Márcia Dias, a casa oferece, além da confecção própria  —  que abrange lençóis, toalhas, cortinas e almofadas  —, serviços de estofamento de sofás, poltronas e cabeceiras. A loja apresenta uma variada seleção de objetos decorativos, tecidos, tapetes e papéis de parede, e marcas como Emporio Beraldin, Trousseau, Celina Dia, Sia Home Fashion, Designers Guild, Hunter Douglas Luxaflex e Ralph Loren.

A poltrona Jangada é mais uma das peças-chave de design em nossa sala na CASA COR 2016. A peça é inspirada nas viagens de Jean Gillon à Bahia. Arquiteto e designer romeno naturalizado brasileiro, Gillon  — 1919 . 2007 —  era um apaixonado pelo nosso país, onde chegou em 1956. Na década de 60, em várias viagens à Bahia, fez muitos amigos e encontrou inspiração para uma de suas criações mais memoráveis  —  a poltrona Jangada, lançada em 1968, chamou atenção pelo uso inovador da rede de pesca para suportar o assento e o encosto. Agora, relançada em uma edição limitada a 68 peças pela Passado Composto Século XX, a nova Jangada segue à risca os moldes da original.

Quatro modelos de mesinha de apoio fazem o centro da sala. As mesas Jardim  —  com bases em aço carbono, hastes em latão e tampos em MDF  —  aparecem em tamanhos e alturas diferentes. A mesa Y tem apresenta estrutura em latão e tampos  —  superior e inferior  —  em MDF laminado. A mesa Tub, ao centro, é um cilindro inclinado em aço carbono laqueado. O Rubik é uma peça que pode fazer as vezes de banco ou mesa de apoio, e é baseado nas brincadeiras de infância de Guilherme Torres, que assina o seu desenho reproduzindo o cubo mágico, um brinquedo clássico da década de 80. Todas as peças podem ser encontradas na Italica Casa, em diferentes dimensões e acabamentos.

O tapete  —  desenhado pela nossa equipe especialmente para a CASA COR, com 4.90 x 5.40 m  —  é fabricado pela A. Carneiro Home, especializada em produtos de alta qualidade na área de tapetes de design, carpetes em rolos e placas, pisos vinílicos e laminados em geral. A casa ainda representa os pisos elevados PisoAg do Brasil, assim como diversas marcas conceituadas em forro acústico.

A atmosfera aconchegante e acolhedora em nossa sala é acentuada pela luminotécnica, parte do projeto de arquitetura. A luz amarelada e suave é adequada para quaisquer ambientes em que se deseja obter a sensação de conforto e aconchego, como residências, bares e restaurantes sofisticados. A temperatura de cor das lâmpadas está diretamente relacionada a este efeito  —  em nossa sala, as lâmpadas são de LED de última geração, econômicas e com temperatura de cor variando entre 2.700 e 3.000 kelvin. As luminárias são todas da La Lampe.

A automação e a tecnologia aparecem de forma integrada e eficaz. A sonorização é realizada através de um atraente e discreto amplificador in wall da marca Loud, fornecido pela Kriese Automação Residencial. A peça pode ser embutida na parede  —  em uma caixa de passagem de 4 x 4   —, e apresenta potência de amplificação de 30 w, compatibilidade bluetooth e entradas para SD e USB. A música é parte central de qualquer atmosfera que se deseje criar  —  e a nossa sala conta ainda com um piano Yamaha, ajustado e afinado pela L. I. Pianos.

As miniaturas Cow Parade fazem a cena alegre e descontraída. A Cow Parade é a maior e mais bem sucedida exposição de arte pública no mundo. Em cada uma das cidades em que o evento acontece, vacas em fibra de vidro  —  e em escala natural  —  são decoradas por artistas locais e expostas em espaços públicos, como praças, parques e avenidas. Ao longo dos anos, desde 1999, mais de 10.000 artistas já participaram da mostra  —  amadores e profissionais, iniciantes e famosos, jovens e estabelecidos  —, e mais de 5.000 vacas foram criadas.

As miniaturas acabaram tornando-se tão conhecidas quanto os modelos em tamanho real  —  para cada evento, entre oito e doze vacas são selecionadas para virar miniaturas, e mais de 500 modelos diferentes já foram produzidos. Na CASA COR, a coleção de miniaturas Cow Parade aparece dentro da estante Time, em acrílico e latão, da Italica Casa.

As criações de Gaetano Pesce para a Fish Design estão entre as nossas peças decorativas favoritas. A nossa sala conta com duas delas  —  o vaso Lemon Special e o vaso de resina com aplicação de pele sintética.

Aqui, ali, em qualquer lugar  —  a mistura de peças apresenta várias procedências. Os sereios vem de uma pequena companhia em Oakmont, nos Estados Unidos. Desde 2001, a December Diamonds produz uma divertida linha de peças, cada uma exclusiva e desenhada em seu próprio atelier. Além de sereios e sereias, há toda uma série baseada em criaturas marinhas  —  conchas, peixes, polvos e cavalos-marinhos  —, além de fadas, duendes e seres mágicos.

Ao lado dos sereios, o Alto do Moura, em Caruaru, é representado pelo fusca em barro de Mestre Luiz Antônio. Nascido em 1935 na cidade pernambucana, Luiz Antônio da Silva aprende com a mãe louceira a modelar o barro, mas atribui sua iniciação profissional a Mestre Vitalino, com quem aprimorou a técnica. Agora ele é conhecido por suas esculturas de profissões  —  como o fotógrafo, a parteira, a banda de forró, pedreiros e eletricistas  —  além de também esculpir automóveis e motocicletas.

A cadeira Estrela, assinada pelos irmãos Campana para a A Lot Of, é mais uma das peças de design em nossa sala na CASA COR. À frente do Estúdio Campana, a dupla forma uma das maiores e mais criativas parcerias do design nacional, estando entre os poucos brasileiros com peças no acervo do MoMA, em Nova York.

As plantas da Villa Garden  —  ao lado das peças decorativas  —  ajudam a dar vida ao ambiente. Atuando no mercado desde 2009, a empresa desenvolve projetos de qualquer porte e oferece serviços de implantação e manutenção de jardins. Além disso, fabrica, comercializa e aluga vasos e peças decorativas.

A galeria anexa à nossa sala na CASA COR 2016 apresenta uma divertida composição de peças e imagens. As molduras para as fotografias são da Moldura Minuto. Já a moldura maior para os bichinhos de pelúcia é desenhada para o espaço e executada por Luisinho moldureiro.

A luminária de piso, desenhada pelo estúdio Nada se Leva, apresenta como ponto alto de versatilidade o ajuste de altura. A base é dourada e a cúpula de tecido, com uma luz difusa e convidativa. A galeria, assim como a sala, apresenta o piso original da casa e teto espelhado.   zezinho-turibio-santos-arquitetura-mostras-casa-cor-2016-abertura-04

A CASA COR é a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. Ao longo de dez anos  —  de 1998 a 2007  —, e à frente de escritórios e equipes independentes, assinamos 19 ambientes para as várias edições da mostra.

Salas, quartos, cozinhas e restaurantes, muitos deles inspirados em pessoas admiradas e queridas  —  acesse, na galeria de mostras e cenografia, todas as nossas criações para CASA COR.

Pin It on Pinterest

Share This