CASA COR

área  :  125.00 m²  |  ano  :  2000  |  Recife


A maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do país inaugura a sua quarta edição pernambucana em um centenário casarão na Avenida Rosa e Silva  —  e apresenta o Restaurante Carmim, projetado pela nossa equipe.

A caixa vermelha, construída a partir da estaca zero no quintal da casa que abriga o evento  —  da família Costa Azevedo, tombada pelo patrimônio histórico  —, faz uma arrojada composição volumétrica com a arquitetura neorromântica da década de 30.

A presença é marcante, e ao mesmo tempo respeitosa com o casarão ao lado. A estrutura metálica é projetada para ser construída em pouco tempo, nas poucas semanas de montagem da CASA COR. Os fechamentos são em gesso, além de telhas vermelhas em alumínio da Alcoa e chapas de Wall Cap branco da Albranor.

+ saiba mais

A relação de escala  —  projetada em relação às proporções da casa  —  permite gerar espaços internos de alto pé-direito e arrojada volumetria. A cor vermelha domina a cena, em um conceito que alia moda e gastronomia  —  o restaurante conta com o apoio da Carmim, uma das mais conhecidas e conceituadas grifes do país.

As cadeiras são concebidas especificamente para o ambiente, e fabricadas pela Itálica Design. As mesas, também sob medida, são da Casa Pronta. A luminotécnica apresenta várias peças decorativas  —  como as arandelas Capta, da La Lampe. O piso é em cerâmica Brennand branca e carpete vermelho, e as cortinas, em voil vermelho da Formatex.

O ambiente é arrojado e antenado  —  e muito longe da arquitetura para restaurantes no Recife. Uma cozinha experimental  — fornecida pela Florense  —  fica ao fundo do espaço, operado pelo chef César Santos, do Oficina do Sabor.

Pin It on Pinterest

Share This