APARTAMENTO

área  :  405.00 m²  |  ano  :  2012  |  Recife


A arquitetura atual é a base para uma morada ampla e arrojada  —  a mistura fina de design estrelado e arte de qualidade faz espaços estilosos e cheios de clima.

A arquitetura é integralmente riscada pela nossa equipe  —  a planta baixa, os acabamentos e a ambientação geram uma morada na batida de uma família sintonizada com o que há de melhor em arquitetura de interiores.

O projeto envolve a divisão dos espaços, a escolha dos materiais, a luminotécnica, o forro em gesso, a climatização, a automação e a decoração. Os ambientes aliam a base limpa e de linhas retas a uma criteriosa seleção de peças de design italiano e arte brasileira. A atmosfera é atual, sofisticada e cosmopolita.

+ saiba mais

O hall de entrada acena com a mistura de arquitetura, design e arte  —  a peça de Marcelo Silveira se destaca sobre o nanoglass, acabamento que, cortado sob medida, faz o piso de toda a área social. A área se divide em sala de estar, sala de almoço, sala de jantar e sala de áudio e vídeo. Os ambientes são integrados em um grande espaço, com vista para o mar.

As quatro suítes da planta original do apartamento são alteradas para apenas três  —  duas confortáveis suítes de hóspedes e uma máster, com 72.50 m². O piso da área privativa é em madeira, cortada em elegantes e atuais tacos-palito. Os armários são da Kitchens, sob desenho de nossa equipe. A ambientação é aconchegante e cheia de clima, sempre em cores claras e pastéis.

A ambientação é uma colagem arrojada e cheia de atitude, em uma mistura fina de aço, laca, vidro, madeira, linho e algodão. As peças de design estrelado aparecem lado a lado com antiguidades, obras de arte e móveis desenhados especialmente para o apartamento. A arte é um capítulo à parte, representada por alguns dos mais expressivos nomes da cena nacional. As antiguidades vem de alguns dos melhores antiquários do país, além de peças de acervo familiar. A colagem das partes gera uma cena pessoal e intransferível, rica em cultura e em estilo.

O sofá Victoria and Albert, desenhado por Ron Arad para a italiana Moroso, domina as atenções na sala de estar. As poltronas da Casapronta, em pele, contracenam com a mesa espelhada, desenho de nossa equipe. À sua frente, o sofá da Forma é assinado por Vico Magistretti, e recebe tecido da Maria Casa. A poltrona Up 5  —  de Gaetano Pesce para a B e B Italia  —  aparece na versão de série limitada, na cor prata. A sala de almoço apresenta mesa da Montenapoleone ao lado das cadeiras Arete, de Franco Poli para a Mateograssi. Os sofás da sala de áudio e vídeo são da Minotti, em um elegante linho cru. As mesas de centro são do modelo Albers, também da Minotti. A poltrona Milukan  —  em corda pintada em ouro  —  é mais uma estrela na sala de áudio e vídeo. A mesa de jantar é riscada sob medida, e faz par com as cadeiras antigas, de acervo familiar.

Ao lado do design, a arte nacional de peso  —  em obras de José Patrício, Daniel Senise, Emanuel Araújo e Palatinik. A escultura em madeira de Mestre Valentim  —  do século XVIII  —  domina a cena na sala de jantar. Na ambientação, arca antiga e peças em prata de acervo familiar. As cortinas da Luxaflex contracenam as peças de design e obras de arte. Na sala de estar, a luminária Serpente  —  de Elio Martinelli  —  é uma das muitas peças assinadas. A sala de almoço é arrematada pela luminária em murano da década de 60. Na suíte máster, a cama é a estrela na ambientação  —  o modelo Lazy Night, riscado pela espanhola Patricia Urquiola. A área de estar da suíte conta igualmente com peças de Patricia Urquiola  —  a chaise Fat e as laterais Fat Fat Lady. A morada é arrojada e cosmopolita  —  uma casa pernambucana com ares globalizados.

Pin It on Pinterest

Share This